00:01
8
Esta é a primeira parte de uma série de postagens que farei sobre as normas ABNT do setor de Informação e Documentação. Falaremos aqui sobre as normas para Resumo, Sumário, Numeração progressiva das seções de um documento escrito, Citações, entre outras. Nosso primeiro assunto será a NBR 6023 (Informação e documentação - referências - elaboração) que traz as normas técnicas aplicáveis na elaboração de referências. É importante frisar que houve uma mudança no nome da norma: o que antes era chamado de referências bibliográficas hoje é chamado somente de referências. Outro ponto importante a considerar é que, ao contrário do que pensam alguns, as normas da ABNT não são atualizadas/alteradas todos os anos. A norma para referências da qual tratamos aqui, e que é a mais atual na data de hoje (10/05/2009), é a NBR 6023 de 2002.
Tendo sido feita essa introdução, podemos passar adiante. Numa referência, alguns elementos são fixos para todos os tipos de materiais, de forma que podemos imaginar um esqueleto de referência mais ou manos assim:

SOBRENOME, Nome do autor. Título: subtítulo, se houver. Indicação de responsabilidade. Edição. Local: Editor, Ano. Descrição física. Série ou Coleção. Notas.
Ex.:
TABOSA, Hamilton. Como elaborar referências: estudo da NBR 6023. Ilustrado por Leninha Tabosa. 3. ed. Fortaleza: Editora Tal, 2009. 245 p. (Série ABNT para principiantes; 1).

Naturalmente, esse esqueleto não servirá para todos os casos, pois temos obras com mais de um autor, com autor desconhecido, sem título, obras das quais não se pode identificar o lugar de publicação, o editor ou o ano, enfim, para cada tipo de material teremos características próprias nas referências. Vamos começar pelo campo do autor.
Então a regra é essa: se houver até três autores, você mencionará sempre todos, na ordem em que eles aparecem na obra, seperando-os por ponto-e-vírgula.
Ex.:
TABOSA, Hamilton; BUSE, Juliana; VERAS, Jefferson.

Se você resolver abreviar os nomes, abrevie todos os nomes em todas as referências, para manter a coerência e a padronização, que é para isso mesmo que as normas servem.
Ex.:
TABOSA, H. R.; BUSE J.; VERAS, J. V.

Lembre de não não transformar as abreviações em siglas. Coloque espaço depois dos pontos. Ex.: TABOSA, H. R. e não TABOSA, H.R. ou TABOSA, HR.

Caso haja mais de três autores, você só mencionará o primeiro, seguido da expressão et. al. sem itálico.
Ex.:
TABOSA, Hamilton et al.

Se o autor for uma entidade coletiva como uma empresa ou uma universidade, por exemplo, faça a entrada pelo nome da entidade coletiva, com letras maiúsculas.
Ex.:
FUNDAÇÃO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE.

Se não houver autor, ou este não puder sem identificado, faça a entrada da referência pelo título, colocando somente a primeira palavra deste em maiúsculas (desconsiderar artigos e preposições).
Ex.:
O CONTROLE do estresse através de sorrisos.

Outras indicações de responsabilidade como ilustrador, tradutor, diagramador, prefaciador, etc. são registradas depois do título.
Ex.
TABOSA, Hamilton R. Como elaborar referências: estudo da NBR 6023. Ilustrado por Leninha Tabosa. 3. ed. Fortaleza: Editora Tal, 2009. 245 p. (Série ABNT para principiantes; 1).

A informação Ilustrado por Leninha Tabosa também pode ser registrada como Ilustrações de Leninha Tabosa; Tradução de Fulano de tal ou Traduzido por Fulano de Tal, etc.

Por hoje é o suficiente. Na próxima postagem da série, trataremos sobre o campo do título e outras informações sobre o título e sobre o campo edição.
Espero que todos saibam da importância de se observar as normas e não estejam achando que tudo isso é só formalidade para dificultar a vida das pessoas!!
Download da NBR 6023 aqui: http://www.4shared.com/get/17552728/53719618/NBR__6023__ago_2002__-_referencias_bibliograficas__original_.html