19:56
0
Classificar significa separar segundo critérios. Os dois sistemas de classificação bibliográfica mais utilizados pela biblioteconomia são a Classificação Decimal de Dewey e a Classificação Decimal Universal.
Tanto a CDD como a CDU constituem um sistema hierárquico, no qual idéias e conceitos são representados em suas múltiplas relações de coordenação, subordinação e superordenação. Adota-se como princípio fundamental a divisibilidade do todo, que é o conhecimento, em dez partes divididas em disciplinas e subdisciplinas. Às disciplinas correspondem os grandes ramos do conhecimento, que abarcam conceitos e idéias menores.

A Classificação Decimal de Dewey (CDD)

Também conhecido como Sistema Decimal de Dewey) é um sistema de classificação de bibliotecas desenvolvido por Melvil Dewey em 1876. A CDD organiza todo o conhecimento em dez classes principais que, excluindo a primeira (000 Computadores, informação e referência geral), prosseguem do metafísico (filosofia e religião) ao mundano (história e geografia). A inteligência da CDD está na escolha de números decimais para suas categorias; isto permite que o sistema seja ao mesmo tempo puramente numérico e infinitamente hierárquico.
Geralmente, as obras são classificadas principalmente por assunto, com extensões para relações entre assuntos, local, época ou tipo do material, produzindo números de classificação de no mínimo três dígitos, mas de tamanho máximo indeterminado, com um ponto decimal antes do quarto dígito, quando presente (ex.: 330 para economia + 94 para Europa = 330.94 Economia européia. O sistema utiliza dez classes principais, que são então subdivididas. Cada classe principal tem dez divisões e cada divisão tem dez seções. Assim o sistema pode ser elegantemente resumido em 10 classes principais, 100 divisões e 1000 seções.
O sistema é composto de dez categorias principais:

000 Generalidades
100 Filosofia
200 Religião
300 Ciências Sociais
400 Línguas
500 Ciências puras
600 Ciências Aplicadas
700 Artes
800 Literatura
900 História e Geografia

Na divisão centesimal temos:
000 Ciência da computação, conhecimento e sistemas
010 Bibliografia
020 Ciência da informação e bibliotecas
030 Enciclopédias e anuários
040 vazio
050 Revistas, jornais e séries
060 Associações, organizações e museus
070 Mídia informativa, jornalismo e publicações
080 Citações
090 Manuscritos e livros raros
100 Filosofia
110 Metafísica
120 Epistemologia
130 Parapsicologia e ocultismo
140 Escolas filosóficas de pensamento
150 Psicologia
160 Lógica
170 Ética
180 Filosofia antiga, medieval e oriental
190 Filosofia ocidental moderna
200 Religião
210 Filosofia e teoria da religião
220 Bíblia
230 Cristandade e teologia cristã
240 Práticas e hábitos cristãos
250 Prática pastoral cristã e ordens religiosas
260 Organização cristã, trabalho social
270 História do cristianismo
280 Denominações cristãs
290 Outras religiões
300 Ciências sociais, sociologia e antropologia
310 Estatística
320 Ciência política
330 Economia
340 Direito
350 Administração pública e ciência militar
360 Problemas sociais e serviço sociais
370 Educação
380 Comércio, comunicação e transportes
390 Costumes, etiqueta e folclore
400 Línguas
410 Linguística
420 Língua inglesa e inglês antigo
430 Língua alemã e afins
440 Língua francesa e afins
450 Italiano, romeno e línguas afins
460 Português e espanhol
470 Latim
480 Grego clássico e moderno
490 Outras línguas
500 Ciências
510 Matemática
520 Astronomia
530 Física
540 Química
550 Ciências da terra e geologia
560 Fósseis e vida pré-histórica
570 Ciências da vida, biologia
580 Plantas (botânica)
590 Animais (zoologia)
600 Tecnologia
610 Medicina e saúde
620 Engenharia
630 Agricultura
640 Administração do lar e familiar
650 Administração e relações públicas
660 Engenharia química
670 Indústria
680 Indústria para usos específicos
690 Construção
700 Artes
710 Jardinagem e paisagismo
720 Arquitetura
730 Escultura, cerâmica e metalurgia
740 Desenho e artes decorativas
750 Pintura
760 Artes gráficas
770 Fotografia e arte de computador
780 Música
790 Esportes, jogos e diversão
800 Literatura, retórica e crítica
810 Literatura estadunidense em inglês
820 Literatura inglesa em inlgês
830 Literatura alemã e afins
840 Literatura francesa e afins
850 Literatura italiana, romena e afins
860 Literatura portuguesa e espanhola
870 Literatura latina
880 Literatura grega clássica e moderna
890 Outras literaturas
900 História
910 Geografia e viagem
920 Biografia e genealogia
930 História do mundo antigo
940 História da Europa
950 História da Ásia
960 História da África
970 História da América do Norte
980 História da América do Sul
990 História de outras áreas
Há ainda uma terceira divisão, na casa dos milhares, e assim sucessivamente.

Classificação Decimal Universal

A Classificação Decimal Universal é um sistema de classificação bibliográfica desenvolvido pelos bibliógrafos belgas Paul Otlet e Henri la Fontaine no final do século XIX. Baseada na classificação decimal de Dewey, usa sinais auxiliares para indicar vários aspectos especiais de um assunto ou relações entre assuntos.

0. Generalidades. Ciência e conhecimento. Ciências da informação. Documentação.
1. Filosofia e psicologia
2. Religião. Teologia.
3. Ciências sociais. Sociedade. Política. Economia. Comércio. Direito. Educação.
4. Classe vaga. Não atribuída. Provisoriamente não ocupada.
5. Matemática e ciências naturais. Ciências puras
6. Ciências aplicadas. Medicina. Saúde. Tecnologia. Agricultura. Cozinha e culinária.
7. Belas artes. Arquitetura. Música. Recreação. Turismo. Diversões. Esportes. Jogos.
8. Linguagem. Língua. Lingüística. Filologia. Literatura.
9.Geografia. Biografia. História.

Na classificação CDU, cada número é interpretado como uma fração decimal com o ponto decimal inicial omitido, que determina a ordem de preenchimento. Em prol da facilidade de leitura, um identificador CDU é geralmente pontuado a cada três dígitos. Assim, depois de 61, "ciências médicas", vêm as subdivisões de 611 a 619. Sob 611, "Anatomia", Vêm suas subdivisões de 611.1 a 611.9 e sob 611.1 vêm todas as suas subdivisões antes de ocorrer 611.2, e assim por diante. Depois de 619 vem 620. Uma vantagem deste sistema é que ele é infinitamente expansível e quando novas subdivisõe são introduzidas, elas não precisam alterar o ordenamento dos números. A título de exemplo, forneceremos a Classificação CDU para assuntos relacionados a Construção Civil, em especial à construção envolvendo estruturas de concreto armado (betão armado).

6 Ciências Aplicadas, Medicina, Tecnologia.
62 Engenharia. Tecnologia em Geral.
624 Engenharia Civil e estruturas em geral. Infra-estruturas. Fundações.
624.01 Estruturas e elementos estruturais segundo o material e processo construtivo.
624.011 Estruturas e materiais de origem orgânica.
624.012 Estruturas de alvenaria
624.012.45 Estruturas de betão armado.

O pequeno texto que se segue transcreve, a partir de um registo oral, as palavras que o notável professor catalão de Biblioteconomia Jordi Rubió (1887- 1982) utilizou para explicar a CDU.
“[…] Bem, acerca da Classificação Decimal Jordi Rubió explicou-me uma coisa preciosa:

“Não é tão matemática como pensas; é como a história do mundo: o mundo, antes de ser criado por Deus, era um caos, o 0, aquilo a que se chama “Obras gerais”, que é uma espécie de “misturada” e é, autenticamente, o caos.
Então o homem começou a pensar, e veio a Filosofia, o 1.
Depois de ter pensado, descobriu que necessitava espiritualmente de algo mais, e surgiu a Religião, o 2.
Logo depois, viu que todos os seres vivos daquela altura, se relacionavam entre si; tem início o 3, que são as Ciências Sociais.
O 4, que vocês suprimiram, mas eu não, é a Filologia (creio, aliás, que eliminá-lo foi um dos maiores disparates que se têm feito. Parece-me uma explicação muito tosca dizer que “o 4 se deixa em branco para o caso de se inventar algo”, porque a graça da Classificação Decimal é precisamente a sua flexibilidade). Assim, com a Filologia nasce o afã da comunicação através de uma expressão comum, pelo menos dentro de um mesmo clã, de um mesmo povo.
O 5, as Ciências Puras. O homem descobre a natureza e fá-la sua, estudando todos os seres e as coisas que o rodeiam.
Ciências Aplicadas, o 6. As matérias-primas são transformadas em máquinas e outros inventos que o homem vai descobrindo.
Com o progresso científico, o homem pode dar largas à sua ânsia de beleza e forma a criação artística; assim, com o número 7, chegam as Belas Artes.
Por esse mesmo motivo, a palavra, que só servia para comunicação, transforma-se em maravilha poética, em instrumento ideal de beleza.
O 8 é a Literatura. O homem acaba de passar por todos os ciclos das ideias, da convivência, das ciências e das artes. É preciso conservar tudo isto, fazendo a crónica dos termos que formam a Terra: nasce o número 9, História e Geografia.”

Citado por Aurora Díaz Plaja em “Lectura, Educación y Bibliotecas: ideas para crear Buenos lectores”. Murcia, Anabad, 1994.

Referências

WIKIPEDIA. Classificação Decimal Universal. Disponível em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Classifica%C3%A7%C3%A3o_Decimal_Universal. Acesso 03 Mar
2009.
______. Classificação Decimal de Dewey. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Classifica
%C3%A7%C3%A3o_decimal_de_Dewey. Acesso 03 Mar 2009.