17:41
0
Quem lembra que existe o dia nacional da mulher? Mais um dia para se parabenizar a elas. Guerreiras, delicadas, lutadoras, amadas. Mãe, amiga, namorada, chefe, parente, conhecida, vizinha, colega, esposa, amante, avó, filha... Todos esses papeis ela desenvolve com dom peculiar. Por que se comemora essa data? Bem, foi no dia 30 de abril que nasceu a fundadora do Conselho Nacional da Mulheres, Sra. Jerônima Mesquita. Como homenagem àquela extraordinária mulher, grande filantropa, foi escolhido o dia de seu nascimento para se comemorar o Dia Nacional da Mulher. Hoje, devido a muitas reivindicações e lutas, a mulher é também dona de si, é eleitora, tem independência financeira, sexual e profissional. Emancipou-se, enfim, a mulher. A história de lutas e conquistas de tantas mulheres, muitas delas mártires de seu ideal, no decorrer de quase dois séculos, leva a humanidade a iniciar um novo milênio diante da constatação de que ela buscou e conquistou seu lugar. Mais que isso, assegurou seu direito à cidadania, legitimando seu papel enquanto agente transformador.