Comunico o lançamento do primeiro fascículo do periódico CADERNOS DE INFORMAÇÃO JURÍDICA (www.cajur.com.br), totalmente dedicado à divulgação do conhecimento e a promoção da troca de experiências entre profissionais especializados na área da Biblioteconomia Jurídica, Arquivologia, Documentação, Ciência da Informação, Museologia, Informática Jurídica e ciências afins.

 Esse primeiro fascículo é composto de três seções: Artigos, que engloba textos que contêm relatos completos de estudos ou pesquisas concluídas, Dossiê, que agrupa três artigos sobre um mesmo tema, dando ao leitor múltiplos olhares sobre uma mesma matéria, e Entrevista, que apresenta o ponto de vista e as ideias de um convidado.

Em Artigos, Lucivaldo Barros, apresenta o uso de elementos argumentativos na pesquisa jurisprudencial, com ênfase para uso e seleção adequados da informação disponibilizada na internet. Edilenice Passos e Maria Tereza Walter analisam o mercado de trabalho para o bibliotecário jurídico em bibliotecas do Poder Legislativo e dos tribunais superiores. Laura Nahabetián encerra a seção esmiuçando o papel da informação, seu fluxo dentro do governo, entre governo e cidadãos e, em menor medida, entre cidadãos e governo.

Ana Maria Martinho abre a seção Dossiê com estudo sobre periódicos jurídicos, suas influências no Direito, abordando o "periodismo jurídico", suas origens e multidisciplinaridade. A historiadora Mariana de Moraes Silveira traça o panorama do primeiro século de existência dos periódicos jurídicos no Brasil, importantes meios de difusão e de construção do conhecimento jurídico. Cristiano Quintela Soares debruça-se sobre os periódicos jurídicos nacionais, abordando os cenários histórico, atual e prospectivo.

Neide De Sordi, profissional atuante que tanto realizou no serviço público e que agora abraça nova carreira, em Entrevista, divide conosco suas ideias sobre a Biblioteconomia Jurídica.